Ride – Nowhere (1990)

Quando o Ride lançou Nowhere, seu primeiro disco, lá no longínquo 15 de outubro de 1990, já havia o shoegaze. Óbvio. Mas não existia este álbum. Não existia a química perfeita entre Andy Bell e Mark Gardener, entre a influência sessentista da C-86 e as distorções, não existia “Vapour trail”, não existia os vocais nítidos (hahaha).

Nem há muito o que falar, né? Nowhere é tão foda ponto de referência e escola quanto Isn’t anything, Heaven’s end e outros predecessores, e quis o acaso que saísse justamente no dia dos professores. Então, querido leitor, junte-se a nós e vamos fazer a lição de casa escutando-o novamente hoje, afinal essa pedra fundamental completa 30 anos hoje.

Essencial!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s