Ride – Nowhere (1990)

Quando o Ride lançou Nowhere, seu primeiro disco, lá no longínquo 15 de outubro de 1990, já havia o shoegaze. Óbvio. Mas não existia este álbum. Não existia a química perfeita entre Andy Bell e Mark Gardener, entre a influência sessentista da C-86 e as distorções, não existia “Vapour trail”, não existia os vocais nítidos…

Ride – This Is Not A Safe Place (2019)

  Em 2017 o Ride voltou ao mercado da música com Weather diaries, disco precioso que, por puro preconceito, levei um baita tempo para (me dar ao prazer de) escutar. Quando começaram a surgir fragmentos de seu sucessor, me atentei e assim que ele veio ao mundo corri para ouví-lo. This is not a safe…

Ride – Weather Diaries (2017)

  O Ride surgiu durante a explosão do shoegaze no final dos anos 80 e já em 1990 cravou seu nome entre os grandes da cena que se auto celebra quando lançou o clássico Nowhere. Como todo bom disco do gênero, ele é carregado nas distorções, mas junto às cascatas de guitarra há uma grande…