VA: Leave Them All Behind – A Tribute To Ride

 

Em janeiro, comemorando o 68° aniversário do mestre David Bowie, o selo The Blog That Celebrates Itself Records deu ao mundo, com a benção do próprio Bowie, um tributo a ele reunindo 12 bandas do submundo das guitarras.

Após o lançamento do álbum, Renato Malizia, boss da TBTCI, conversava com Christopher Goett, dono do selo Etxe Records (de Washington) e membro da dupla Silo Halo. Entre uma ideia e outra, Christopher soltou a seguinte frase: ‘Renato, você deveria reunir várias bandas do mundo todo e fazer um tributo ao Ride, e o Silo Halo já esta dentro com o cover de “Drive Blind”‘. Alguns dias depois, Victor ‘Remi’ Garay, da banda Has a Shadow, disse a Renato que adoraria participar de um projeto da TBTCI, e quando soube do possível tributo ao Ride disse ‘o Has a Shadow esta dentro e faremos “Like a Daydream”‘.

Daí em diante a coisa não teve mais volta, e em 16 de março nasceu Leave them all behind – A tribute to Ride.

 

 

Malizia reuniu 24 bandas para recontar, cada uma à sua maneira, parte da história musical do quarteto de Oxford, que recentemente voltou à ativa e deve tocar no Primavera Sound deste ano.

As distorções sonhadoras do shoegaze/dream pop ditam o ritmo do disco, que contou com o aval dos homenageados e ganhou destaque no site da seminal Creation Records (‘Um tributo fantástico, que você definitivamente deve ouvir’).

Do lado brasuca dos escalados, temos os curitibanos do Lindberg Hotel relendo “Kaleidoscope” e os gaúchos do Sorry Shop como sempre executando a melhor versão (“In a different place”). Entre os gringos, as preferidas por aqui são “Vapour trail” pelas mãos do Last Leaf Down e a (aqui) ensurdecedora “Black night crash”, devidamente distorcida por Oliver Ackermann (A Place To Bury Strangers) e seu ex-parceiro de Skywave John Fedowitz (hoje no Ceremony), reunidos por Malizia especialmente para este trabalho.

E enquanto o mundo pop continua alimentando os pobres de espírito com mais do mesmo, no underground os esforços e atitudes louváveis como esta mantém a música girando muitos níveis acima da superfície.

Altamente recomendado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s