Pussy Galore – Exile On Main Street (1986)

Quando montou o Pussy Galore em 1985, Jon Spencer era um ilustre desconhecido. Ao lado da também guitarrista Julia Cafritz e do baterista John Hammill o que ele(s) queria(m) mesmo era fazer barulho, encher a cara e arranjar confusão, geralmente tudo ao mesmo tempo.

Longe do esquema ‘escola de arte experimental’ ou ‘avant garde’ de onde vinham tantas outras bandas voltadas ao noise, o trio costurava garage rock, blues e punk da maneira mais primitiva e lo-fi possível, sem se preocupar com detalhes técnicos, ofendendo deus e o mundo com músicas como “You look like a jew” e “Fuck you, Ian MacKaye”.

Logo em 1986 lançaram o primeiro EP, Feel good about your body, e recrutaram para a nave um terceiro guitarrista, Neil Hagerty, e Cristina Martinez, uma tecladista que na verdade era fotógrafa, mas que na verdade MESMO era linda de morrer; o jovem Jon, óbvio, cresceu os olhos na moça, e assim estava completo o Pussy Galore. Ou quase, porque ao saírem de Washington para Nova Iorque o baterista Hammill decidiu abandonar o barco, e quem assumiu as baquetas foi Bob Bert, ex-Sonic Youth.

E assim, falando em SY, chegamos ao ponto-chave dessa pequena história. Em 86 havia rumores de que eles regravariam na íntegra o disco branco dos Beatles, e pegando carona nesse boato infundado o Pussy Galore resolveu recriar, à sua maneira, outro clássico: Exile on Main St., dos Stones.

O resultado foi gravado apenas em cassete; 550 cópias foram distribuídas, o burburinho estava formado, e se no fim das contas o PG destroçou ou homenageou os Stones, tanto faz. Exile On Main Street é uma aula de baixa fidelidade e barulho, um grande foda-se às estruturas quadradinhas do rock, fez a banda chegar até Steve Albini, crescer e, claro, morrer.

Spencer casou-se com Cristina e formou a Blues Explosion e ao lado da esposa o Boss Hog; Julia Cafritz fez um milhão de coisas, entre elas tocar ao lado de Kim Gordon no Free Kitten; e Neil Hagerty se juntou à modelo junkie Jennifer Herrema e fundou o igualmente seminal Royal Trux, que em breve chega por aqui.

Enfim, após toda essa conversa, encha a cara e ouça Exile On Main Street. Boa ressaca!

Ou

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s