Mo-Dettes – Story So Far (1981)

  Antes de formar as Mo-Dettes em 79, Kate Korus já havia tocado com Raincoats e Slits, duas bandas seminais do pós-punk feminino/feminista-fora-da-curva-sombria que de certa forma dominava o rolê no final daquela década. Sem pender muito pros lados de nenhuma de suas bandas anteriores, Korus e cia. (Jane Cockford, June Miles-Kingston e a suiça…

Wipers – Is This Real? (1980)

  Esse papo de ‘tal disco completa tantos anos’ às vezes enche o saco, mas é impossível deixar alguns aniversários passarem em branco. É o caso de Is this real?, estreia de Greg Sage e seu seminal Wipers, lançado em janeiro de 1980. Mesmo não tão louvado – ou falado – quanto os dois álbuns…

Wire – 1976 Demo (2010)

  Todo mundo conhece – ou deveria conhecer – os três primeiros discos do Wire. Lançados em 77, 78 e 79, Pink flag, Chairs missing e 154 são três dos maiores responsáveis por entortar o punk rock e elevá-lo a outras esferas, mas antes da banda ser descoberta por Mike Thorne – da EMI –…

The Stooges – The Stooges (1969)

  Em 05 de agosto de 1969, quando a Elektra despejou no mercado o primeiro e homônimo disco dos Stooges, o rock há muito já tinha perdido a suposta inocência dos primeiros anos daquela década. Kinks, Who, Los Saicos e outros tantos já aceleravam o rolê há tempos, os Sonics furavam amplificadores, o Velvet Underground…

Ruts – The Crack (1979)

  O Ruts, em vários sentidos, é uma das bandas mais foda e menos ouvidas da primeira geração do punk inglês. Surgiu em algum ponto no início de 1978 em Londres, e já no mesmo ano lançaram o primeiro single, tocaram no programa do mestre John Peel e se uniram ao Rock Against Racism, assumindo…

The Pop Group – Y (1979)

  O excêntrico Mark Stewart formou o Pop Group em Bristol, em meio a onda punk que varria a Inglaterra e o mundo em 1978, mas embora ‘inserido’ na cena não se identificava com a história dos quatro acordes. Seu buraco era mais embaixo, definitivamente. Em comum com alguns de seus contemporâneos, a veia política…

Mudhoney – Digital Garbage (2018)

  Assim como acontece com o Superchunk, o tempo parece pouco ou nada interferir na música do Mudhoney. Nada de surfar ondas passageiras, de colar em modismos, nada disso. Mark Arm e cia. seguem inabaláveis em seu universo garageiro, e se acrescentaram algo à velha fórmula para a concepção de Digital garbage, seu último disco…

IDLES – Joy As An Act Of Resistance (2018)

  Começando hoje a série ‘discos fodões que não entraram em nossa lista de melhores de 2018’ colocamos na roda o segundo álbum do quinteto inglês IDLES, o sensacional Joy as an act of resistance. Lançado em agosto último, este trabalho pouco ou nada difere do também explosivo BRUTALISM, debute deles que saiu um ano…