P.C.P Entrevista – Hierofante Púrpura

A história da entrevista com a banda Hierofante Púrpura começou no final do ano passado. Entre encontros e desencontros, o tempo foi passando, a demora para enviar as perguntas foi aumentando, e na sequência as respostas também demoraram a chegar. Mas como o tempo é relativo, após esse período de gestação hoje o PCP finalmente…

PCP Entrevista – Isabel Monteiro (Drugstore )

A brasileira Isabel Monteiro partiu há anos para uma viagem como mochileira pela Europa. Ao chegar a Londres, se encontrou, e decidiu que ficaria por lá. Algum tempo depois, sua veia musical saltou e assim surgiu o Drugstore. Após dez anos de carreira e três discos essenciais, a pressão do ‘rock and roll circus’ foi…

PCP Entrevista – Jennifer Lo-Fi

A internet foi o ponto de encontro e de partida para os paulistanos da Jennifer Lo-Fi. Entre visitas a perfis em redes sociais, seus membros se encontraram, largaram seus respectivos projetos e nascia aí, em 2008 – primeiro virtualmente, depois no ‘mundo real – a banda. Com uma sonoridade experimental, torta e voltada ao math/pós-rock,…

PCP Entrevista – Gaía Passarelli

Ela não é cantora e nem compositora; não toca guitarra, baixo ou bateria em uma banda de rock, nem tampouco é DJéia ou produtora de beats eletrônicos. Mas sua história tem raízes profundas na música (“Minha casa sempre teve muito instrumento musical na sala, show de fim-de-semana, discos de vinil que eu e minha irmã…

P.C.P Entrevista – Japanther

A dupla Japanther surgiu no efervescente bairro do Brooklyn, em Nova Iorque, no ano 1 do novo século. Frutos deste novo milênio, Matt Reilly e Ian Vanek se definem não simplesmente como uma banda de rock, mas sim como um projeto de arte multimídia. Entre exposições, intervenções (a última delas chamada ‘Comer a bunda’) e…

P.C.P Entrevista – Domenico Lancelotti

O carioca Domenico Lancelotti – ou simplesmente Domenico – é uma das figuras-chave da nova e interessante música (não tão) popular brasileira. Ao lado de Kassin e Moreno Veloso, no projeto +2, gravou Sincerely hot, álbum lançado em 2003 no qual o crossover entre a música brasileira e uma porção de diferentes elementos (eletrônica, rock,…