MC5 – Kick Out The Jams (1969)

 

Em fevereiro de 69 vinha ao mundo o resultado de duas noites insanas no Grande Ballroom, em Detroit. Quatro meses antes, em 30 e 31 de outubro, durante as festividades de Halloween, a cria local chamada MC5 passou por lá, pôs tudo abaixo e resolveu colocar em acetato o registro desses dois shows para transformá-lo em seu primeiro disco.

Se Kick ou the jams tivesse sido gravado em estúdio provavelmente teria mais qualidade e etc, mas definitivamente não mostraria ao mundo como era o MC5 de verdade, cru, selvagem, caótico, punk. Mesmo em momentos mais, hm, tranquilos – como na blueseira “Motor city is burning” – a alma de Rob Tyner quase pula do corpo, enquanto a banda…bem, os minutos finais de “Starship” funcionam melhor que palavras para descrevê-la.

Em agosto do mesmo ano Iggy e os Stooges também lançariam seu debute e assim há 50 anos, em Michigan, a história da música era mais uma vez reescrita, à base de de uma energia tão fodida poderosa que até hoje reverbera pelas garagens mundo afora. Kick out the jams, motherfucker!

Essencial!

 

2 comentários sobre “MC5 – Kick Out The Jams (1969)

  1. Pus esses dias atrás meu LP pra tocar, clássicos SÃO eternos e diamantes também.
    Kick ou the Jams esse é um desses 👏🏾🎸

Deixe uma resposta para Escalabrista Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s