MC5 – Kick Out The Jams (1969)

 

Em fevereiro de 69 vinha ao mundo o resultado de duas noites insanas no Grande Ballroom, em Detroit. Quatro meses antes, em 30 e 31 de outubro, durante as festividades de Halloween, a cria local chamada MC5 passou por lá, pôs tudo abaixo e resolveu colocar em acetato o registro desses dois shows para transformá-lo em seu primeiro disco.

Se Kick ou the jams tivesse sido gravado em estúdio provavelmente teria mais qualidade e etc, mas definitivamente não mostraria ao mundo como era o MC5 de verdade, cru, selvagem, caótico, punk. Mesmo em momentos mais, hm, tranquilos – como na blueseira “Motor city is burning” – a alma de Rob Tyner quase pula do corpo, enquanto a banda…bem, os minutos finais de “Starship” funcionam melhor que palavras para descrevê-la.

Em agosto do mesmo ano Iggy e os Stooges também lançariam seu debute e assim há 50 anos, em Michigan, a história da música era mais uma vez reescrita, à base de de uma energia tão fodida poderosa que até hoje reverbera pelas garagens mundo afora. Kick out the jams, motherfucker!

Essencial!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s