My Bloody Valentine – This Is Your Bloody Valentine (1985)

Pra quem está acostumado a ouvir o My Bloody Valentine que junto a algumas bandas revolucionou o rock de guitarras na segunda metade dos anos 80 mas não conhece a história da banda, This is your bloody valentine deve soar no mínimo estranho.

A despeito de alguns momentos que, hmmm, arranham as paredes de distorção criadas pela banda alguns anos depois, seu disco de estreia soa mais como um Cramps gótico que qualquer outra coisa. Se nunca ouviu, ouça, se já ouviu ouça de novo:

Nessa época Kevin Shields era ‘um mero guitarrista’ e inúmeros músicos rodavam pela banda. Os vocais são de David Conway (que depois se tornou escritor), e da formação clássica do MBV – além de Shields – estava presente apenas Colm Ó Cíosóig.

This is your bloody valentine foi gravado na Alemanha em dezembro de 84 e saiu apenas 1 mês depois, via Tycoon Records. O contrato com a pequena gravadora foi assinado após receberem uma demo do disco, gravada na casa dos pais de Kevin Shields, que declarou algum tempo depois à Melody Maker – graças às comparações com a banda dos irmãos Reid – “nós temos um mini-LP gravado em Berlim em 84, pré-Mary Chain”. Nota-se que ele já era, por assim dizer, um gênio insuportavelmente chato.

No final do mesmo 1985 os irlandeses lançariam o EP Geek!, já com guitarras mais altas mas ainda anos-luz distante do furacão que se formaria dois anos depois. Mas isso fica para uma próxima história…

Anúncios

Um comentário sobre “My Bloody Valentine – This Is Your Bloody Valentine (1985)

  1. Pingback: 1987, o ano em que o My Bloody Valentine se reinventou | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s