Disappears – Era (2013)

4ca45aea

Impressionante! Não consigo pensar numa palavra melhor para falar sobre o Disappears, banda que desde 2010 vem se reinventando e lançando discos poderosos, sempre barulhentos, sempre intensos.

Prolíficos que são, apenas um ano e meio após Pre language, os caras retornam com mais uma paulada violenta, novamente sob as bençãos da Kranky Records. Com vocês, Era.

Lançado em agosto último, este é o álbum mais sombrio do Disappears, sua viagem mais funda às raízes do pós-punk trevoso. Faixas como (a preferida da casa) “Ultra”, “New house” e a assustadora “Era” – pra citar três – são góticas na essência, cobertas pelas camadas de barulho/transe característico da banda.

Produzido por John Congleton, que já trabalhou – entre muitos e muitos outros – com Clinic e Black Angels, Era não conta com as baquetas do ex-Sonic Youth Steve Shelley, substituído por Noah Leger, o que no fim das contas muda absolutamente nada no resultado final.

Segundo algumas palavras do press release, este é um álbum dark onde o Disappears mostra seu amor pelo minimalismo, dub e repetições. Pode-se estranhar a palavra dub no meio dessa história sombria, mas ouvindo (mesmo) o disco dá pra entender o que a banda trouxe do gênero para seu trabalho, pois Era é exatamente isso: barulhento, kraut, gótico e hipnótico.

Um dos discos do ano!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s