Jair Naves – E Você Se Sente Numa Cela Escura, Planejando A Sua Fuga, Cavando O Chão Com As Próprias Unhas (2012)

Quando vi, no final do mês passado, que um cara chamado Jair Naves havia lançado seu primeiro álbum, duas coisas me chamaram a atenção; primeiro, o enorme título do disco: E você se sente numa cela escura, planejando a sua fuga, cavando o chão com as próprias unhas. Depois, o nome do cara: Jair Naves, Jair Naves, de onde conheço?

Pesquisando, descobri o porque desse nome estar de alguma forma nos meus arquivos: Naves era frontman do Ludovic, banda do submundo roqueiro de SP, que cheguei a ver ao vivo. Há alguns anos ele mantém uma carreira solo – lançou um elogiado EP em 2010, chamado Araguari – e, como dito acima, em setembro trouxe ao mundo seu primeiro disco cheio.

E você se sente numa cela escura… saiu no dia 18/09 via Travolta Discos e Popfuzz Records, e é um trabalho raro no mercado brasileiro. Como escrevi hoje no twitter, num universo paralelo faria sucesso, mas como inteligência não vende discos…

Musicalmente, o álbum é bem menos abrasivo do que era o Ludovic, com arranjos mais limpos e um clima menos caótico. Isso no que tange aos arranjos, claro, pois quando o assunto são as letras, a história não é tão simples.

Não vou entrar em pormenores, pois cada um ouve música e entende palavras de um jeito particular, mas posso dizer que Jair é sagaz na hora de compor.

Nada de jogos de palavras ou ‘caetaneadas’, nada disso. Ele é direto, visceral, atormentado, e as 10 faixas do álbum funcionam como uma grande crônica dividida em pequenos contos, revelando um compositor inteligente e com um alto teor de melancolia no sangue. Um trovador contemporâneo, eu diria.

Sem dúvida um dos discos do ano, que pode ser baixado no esquema ‘quer pagar quanto?’ diretamente no Bandcamp do músico ou pelo site da Popfuzz.

Altamente recomendado!

5 comentários sobre “Jair Naves – E Você Se Sente Numa Cela Escura, Planejando A Sua Fuga, Cavando O Chão Com As Próprias Unhas (2012)

  1. Pingback: PCP Entrevista – Jair Naves « PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  2. Pingback: Especial – Os Melhores Álbuns Nacionais de 2012 « PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  3. Pingback: PCP Entrevista – Jair Naves | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  4. Pingback: Jair Naves – Trovões A Me Atingir (2015) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s