Bardo Pond – Bardo Pond (2010)

Parte da cena conhecida como ‘Psychedelphia’, o Bardo Pond surgiu na primeira metade dos anos 90 misturando shoegaze/dream pop a psicodelias diversas (principalmente psilocibina) para criar uma música barulhenta e viajante.

Com uma porção de discos lançados por uma porção de gravadoras diferentes (da Matador à ATP Recordings), o grupo chega agora a seu 18º álbum, o homônimo Bardo pond, lançado no começo deste dezembro pela Fire Records.

No novo trabalho o sexteto da Filadélfia traz para sua zona de conforto (a barulheira espacial) um pouco de folk entorpecido. Nas faixas “Just once”, “Sleeping” e “Waynes tune”, violões se chocam às distorções de guitarra características da banda. E fica bacana a mistura.

No mais, os vocais de Isobel Sollenberger continuam bem parecidos com os da rainha Kim Gordon, e a sonoridade das 7 músicas do álbum continua muito, muito chapada.

Pra derreter os miolos.

Um comentário sobre “Bardo Pond – Bardo Pond (2010)

  1. Pingback: Bardo Pond – Yntra (2012) « PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s