Syd Barrett – The Madcap Laughs (1970)

    Em 03 de janeiro de 1970, há exatas e distantes cinco décadas, Syd Barrett dava os primeiros de seus poucos passos longe do Pink Floyd, dois anos após ser chutado da banda – que mirava horizontes grandiosos onde não cabiam as loucuras de seu ex-vocalista e guitarrista. Naquele abril de 68, já oficialmente…

Betty Davis – Betty Davis (1973)

  Durante os anos em que esteve em atividade Betty Davis foi um furacão sem precedentes. A menina nascida na Carolina do Norte na metade dos anos 40 se mudou para Nova Iorque aos 16 anos para trabalhar como modelo, mas ao contrário do grosso das parceiras de trabalho, Betty tinha um cérebro fervilhante de…

L’Épée – Diabolique (2019)

  Se numa situação hipotética juntássemos numa mesma banda o genial e instável Anton Newcombe, o casal francês Limiñana (Marie e Lionel) e a deslumbrante atriz Emmanuelle Seigner, o que aconteceria? Em primeiro lugar, esqueça a hipótese e REALIZE O FATO. Os quatro outsiders (seja na música, no cinema e no modo de viver e…

Irmão Victor – Cronópio (2018)

  Faz um tempo que descobri, aleatoriamente, o trabalho insólito do Irmão Victor, pseudônimo do gaúcho Marco Benvegnú. Estava escutando alguma coisa no Bandcamp, não me lembro exatamente o que, e apareceu como sugestão um disco chamado Passos simples para transformar gelatina em um monstro e, porra, não dava pra passar uma parada com esse…

Jupiter Apple – Plastic Soda (1999)

  Me lembro vagamente das primeiras audições de Plastic soda, segundo disco do saudoso Flávio Basso, antes Júpiter Maçã e aqui Jupiter Apple, muito provavelmente por estar tão chapado à época quanto ele. Mas por outro lado tenho grandes recordações de um dos shows que vi dele, num bar em SP chamado Borracharia. Era começo…

The Warlocks – Phoenix Album (2002)

  Descobri o Warlocks junto a uma caralhada porção de outras bandas psicodélicas dos anos 2000, quando peguei carona na discografia do BJM para mergulhar fundo nas drogas no universo de correlatos do combo insano de Anton Newcombe. Meu primeiro contato com essa verdadeira orquestra lisérgica de Los Angeles (às vezes chegam a nove membros…

The Doors – Waiting For The Sun (1968)

  Não dá pra colocar aqui, em palavras, o tamanho da carga emocional e muito menos a enxurrada de emoções que Waiting for the sun me causa. São toneladas e mais toneladas de recordações e memórias afetivas, de manhãs lisérgicas e noites quentes esperando o sol nascer ao som de “Summer’s almost gone” e “My…