Prins Thomas – Prins Thomas II (2012)

Prins Thomas II, novo álbum do produtor/DJ norueguês Prins Thomas é mais uma trip do cara pelo que se costuma chamar de cosmic disco. O biscoito, que sai do forno no final de outubro via Full Pupp, funciona como um set, sem pausa entre as faixas. Os BPMs desacelerados de house se mantêm constantes do…

Four Tet – Pink (2012)

Para quem acompanha Kieran Hebden, ainda que de longe, Pink, novo trabalho do produtor inglês que atende por Four Tet não soa exatamente novo. Isso porque das 8 faixas presentes no disco (lançado em agosto via Text), apenas duas – “Lion” e “Peace for earth” – são inéditas; as demais, sem exceção, saíram como singles…

Vídeo: Underworld – Everything Everything Live

O Underworld é o preferido da casa quando o assunto é dance music, desde sempre. A estrada dos caras é muito longa, e os álbuns que lançaram durante os anos 90 são até hoje cartilha para produtores e bíblias para fãs de eletrônica. Enfim, o vídeo abaixo pode explicar melhor que minhas palavras. Enjoy!

Claro Intelecto – Fact Mix 336 (2012)

O mais recente set feito para a Fact Magazine saiu das mãos de um dos produtores preferidos no PCP, Mark Stewart, aka Claro Intelecto. Neste edição de número 336 da revista, Stewart selecionou 13 faixas autorais, passeando pelo house e techno, sempre mergulhando fundo e apostando mais em sensações que em euforia. Tire suas próprias…

Four Tet – Jupiter/Ocoras [Single] (2012)

Continuam a aparecer os sinais de um novo álbum de Kieran Hebden, aka Four Tet, dois anos após o fantástico There is love in you. Prova cabal é o single lançado mês passado por Hebden em seu próprio selo, Text. O disquinho traz no lado A a faixa “Jupiters” e no lado B “Ocoras”. “Jupiters”…

Theo Parrish – Sound Signature Vol. II (2012)

O que esperar de um produtor de música eletrônica que cresceu em Chicago e depois se mudou para Detroit? Coisa fina, no mínimo. Theo Parrish é o sujeito em questão. Parte da uma turma que sabe que house music e lixo comercial definitivamente não se misturam, ele tem a mágica nas mãos na hora de…

Anderson Noise – Radio Noise 500 (2012)

O mineiro Anderson Noise tem uma longa história no universo da música eletrônica tupiniquim, com mais de 20 anos na estrada atrás das pick ups e uns 15 quando o assunto é música autoral. Desde 2002 Anderson mantém um programa de rádio na web, chamado Radio Noise, que é transmitido em 24 estações de 14…

Claro Intelecto – Reform Club (2012)

Lembro-me bem da primeira vez em que ouvi algo de Mark Stewart sob a alcunha Claro Intelecto: foi ali na metade dos anos 2000, com seu primeiro álbum cheio, Neurofibro, de 2004. Me impressionou bastante a qualidade das faixas desse produtor de Manchester, com uma mistura bem dosada entre electro-techno e algo da IDM de…

Orbital – Wonky (2012)

Wonky é uma palavra bastante usada desde os anos 90 para definir um sub-gênero do techno, no qual produtores como Si Begg e Neil Landstrumm, entre outros, estão inseridos. No wonky techno o lance é ‘entortar’ de alguma forma as batidas 4X4, subverter, desacelerar, enfim, sair dos padrões básicos. Wonky também é uma gíria para…

Marc Houle – Undercover (2012)

Undercover marca a saída de Marc Houle do selo Minus e sua estreia na Items & Things, antes um subselo da Minus e agora mantido de forma independente pelo próprio Marc ao lado de Magda e Troy Pierce. Mudança de selo, mudança na música. Houle – que é canadense e mudou-se para a Alemanha no…

Leftfield – Tourism (2012)

Surpresa boa ver o Leftfield de volta. Um dos poucos nomes do chamado prog house a merecer respeito, o grupo de Londres, parte da efervescente cena eletrônica da cidade do fim dos anos 80/começo dos 90, lançou apenas dois discos (Leftism, de 95; e Rhythm and stealth, de 99), se separando em 2002. Até que…

Vídeo – GusGus Live @ KEXP (10/12/2011)

Os islandeses do GusGus voltam agora às páginas do PCP, com o registro de uma apresentação gravada ao vivo no KEX Hostel, em Reykjavik, para a rádio KEXP de Seattle. O set é curto, afinal eles não estavam em um clube ou festival, mas vale muito à pena. Boa qualidade de vídeo e áudio, com…

Lindstrøm – Six Cups Of Rebel (2012)

O norueguês Hans-Peter Lindstrøm começou suas aventuras pelo universo da música no início dos anos 2000, e desde então vem se consolidando como um dos artistas mais instigantes e inovadores da eclética cena eletrônica deste século XXI. Seja remixando, tocando, produzindo (só ou acompanhado, como é o caso da longa parceria com Prins Thomas) Lindstrøm…

808 State – State To State III (2011)

Pioneiros da cena eletrônica que dos anos 90 em diante explodiu mundo afora, os inglese de Manchester 808 State lançaram seu primeiro álbum em 1988 e permanecem na ativa. Se não lançam material realmente novo desde 2003, neste fim de 2011 põem na roda uma coletânea de faixas inéditas, produzidas entre 1994 e 2001, chamada…

Underworld – A Collection (2012)

2012 marca os vinte anos do lançamento do primeiro single do Underworld, e promete ser um ano cheio (a dupla é responsável pela direção musical das Olimpíadas de Londres) para este que foi e é um dos grupos mais importantes da cena eletrônica mundial . Em comemoração a essa data, Rick Smith e Karl Hyde…

Floating Points – Shadows EP (2011)

Antes de tudo, não confundir Floating Points com Floating Point. O primeiro é o produtor de house/dubstep Sam Shepherd, o segundo uma dupla alemã de synth pop. Dadas as devidas explicações, vamos ao que interessa. Natural de Manchester, Shepherd além de produtor é DJ de clubes e de rádio (sim, há vida radiofônica na Inglaterra),…