A Beacon School – Cola (2018)

 

Cola é o primeiro, curtinho e tranquilíssimo disco de estreia do A Beacon School, projeto solo do multi-instrumentista nova-iorquino Patrick J. Smith (não confundir com o produtor de mesmo nome), que já trabalhou com algumas bandas da região do Brooklyn, nenhuma muito conhecida. Assim como ele.

Mas como fama não é pré requisito para porra nenhuma por aqui, eis que pus os ouvidos no seu debute e, cara, juro que caiu como uma luva nesta caótica quinta-feira de nosso senhor do outono seco.

O sujeito fez o disco – que saiu em março via Grind Select – todo sozinho, da composição aos arranjos, da produção à mixagem, mas com a ideia de que fosse tocado por um quarteto, tipo formação básica de banda com duas guitarras, baixo e bateria.

As oito canções do álbum são cheias de camadas de guitarra e sintetizadores, que junto à voz de Smith dão a elas um ar onírico e preguiçosamente enfumaçado, numa linha que lembra várias algumas coisas de Toro Y Moi. Talvez venha daí o fato de ter me pegado tão rápido, ou, como já disse, talvez fosse exatamente o que eu precisava ouvir hoje.

De um jeito ou de outro, creio que mereça uma audição, nem que seja às três primeiras faixas. Vai lá!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s