The Raveonettes – Pe’ahi (2014)

Sharin Foo e Sune Rose Wagner são maravilhosos e seu último álbum também. Um texto sobre Pe’ahi, o tal disco da dupla mais bacana do rock and roll poderia se resumir a essas poucas palavras, e nada mais seria necessário, a não ser apertar o play e concordar.

Dois anos após pegar leve com Observator, a bela e (especialmente) a fera injetaram novamente o barulho de sua ‘juventude‘ em seu trabalho, e posso garantir: este não falta nas 10 faixas do álbum, lançado em 22 de julho via Orchard/Beat Dies.

Wagner dividiu a produção de Pe’ahi com Justin Meldal-Johnsen, e o trabalho de ambos foi, ao invés de limar, adicionar distorção e microfonia às composições sombrias do guitarrista do Raveonettes.

Além dessa pesada carga de barulho, há espalhados no disco uma série de beats que, por vezes, lembram o que o Jesus and Mary Chain fazia lá em 92 (ateste ouvindo “Kill”, oitava faixa do álbum). Junte a essa fórmula a doce e sensual voz de Sharin Foo e terá o álbum mais sonhador e dançante da barulhenta carreira da dupla.

Altamente recomendado!

Anúncios

Um comentário sobre “The Raveonettes – Pe’ahi (2014)

  1. Pingback: Especial – Os Melhores Álbuns Internacionais De 2014 | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s