Cheatahs – Cheatahs (2014)

Se é pra reeditar (ou pagar tributo para) o rock de guitarras dos anos 90, faça como o Cheatahs. O quarteto londrino, encabeçado pelo canadense Nathan Hewitt, não soa nada original, não inova, não reconstrói nem desconstrói suas influências, simplesmente as juntam para tocar o que gostam e sentem. Simples assim.

Nessa mesma toada, cinco anos após seu nascimento e seus primeiros registros, a banda chega em 2014 ao primeiro e homônimo disco oficial, lançado em fevereiro via Wichita. Com vocês, Cheatahs.

Junte os sonhos barulhentos do My Bloody Valentine com a ‘euforia preguiçosa’ e distorcida do Dinosaur Jr. e, de uma forma resumida, você terá a receita para as 12 faixas deste álbum. “Kenworth” e “Cut the grass”, as preferidas por aqui explicam tudo isso em 10 minutos.

Como dito no primeiro parágrafo, Cheatahs não é um trabalho inovador, mas catalisa toda uma época de maneira honesta, sem soar falsamente retrô ou nostálgico, e isso – especialmente em tempos de muita pose e pouca atitude – já basta.

Recomendado!

Anúncios

3 comentários sobre “Cheatahs – Cheatahs (2014)

  1. Pingback: Especial – Os Melhores Álbuns Internacionais De 2014 | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  2. Pingback: Cheatahs – Sunne EP (2015) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s