Wire – Pink Flag (1977)

‘Talvez o debute mais original saído da primeira onda punk britânica’. Assim – e de muitas outras formas – o site allmusic louva Pink flag, disco de estreia do então quinteto Wire. Mas enquadrar o Wire num rótulo, qualquer que seja, é no mínimo desnecessário.

Porque os caras eram (alguém disse são?) tão, mas tão foda que esse tal primeiro álbum deles fez escola no punk rock, no hardcore, na new wave, no pós-punk, na no wave, no indie rock e em qualquer coisa interessante e movida à guitarras que tenha surgido depois.

Além do mais, diferente do grosso caldo punk, os rapazes de Londres vieram não da classe operária, mas de escolas de arte; eram influenciados por literatura e pelos ideais da Internacional Situacionista, enfim, eram… letrados. Essas e outras diferenças fizeram com que o Wire conseguisse dilatar as pupilas do punk, ampliar seus horizontes, esticar seus limites, enfim, levá-lo além, tanto musical quanto liricamente.

Tudo isso ficaria ainda mais nítido nos dois discos seguintes da banda, ainda mais tortos, mais experimentais, mas as conversas sobre Chairs missing e 154 ficam para outro dia, em outro boteco. Por enquanto basta ouvir Pink flag no talo, como fizeram Elastica e tantas outras bandas nos últimos 36 anos.

Essencial!

Faixas:

Reuters
Field Day For The Sundays
Three Girl Rhumba
Ex Lion Tamer
Lowdown
Start To Move
Brazil
It’s So Obvious
Surgeon’s Girl
Pink Flag
The Commercial
Straight Line
106 Beats That
Mr. Suit
Strange
Fragile
Mannequin
Different To Me
Champs
Feeling Called Love
12 X U

Bônus

Dot Dash
Options R

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s