Loomer – Mind Drops (2009) / Coward Soul (2010)

Lá se vão 4 anos desde o lançamento do primeiro EP da Loomer, Mind drops. Me lembro bem do tranco que foi ouvir este disquinho, algo que – sem exageros – não sentia desde os tempos de Pin Ups e cia., tempos do Retrô (depois Der Temple), das camisetas listradas e dos ridículos cabelos tigela.

Foi uma sacudida forte, numa época em que eu voltava a me interessar realmente por música, em especial pelo rock de guitarras distorcidas que moldou minha adolescência; época em que ressurgiram a vontade de escrever e de trocar/compartilhar ideias sobre essa música que voltava a me mover, a me servir de combustível.

Quando, algum tempo depois, me pus a escrever sobre Mind drops (para uma antiga e sumariamente assassinada versão deste mesmo Pequenos Clássicos Perdidos), eis que me cai em mãos um outro EP da Loomer, lançado um ano após seu debute: Coward soul, igualmente forjado nos moldes que fizeram de mim o que sou – musicalmente, ao menos, mas existe alguma separação entre gosto musical e personalidade? Francamente eu duvido…

Então, entre riffs distorcidos e vocais etéreos, decidi que era a hora de conversar com os rapazes – e a moça, claro – pra saber o que eles pensavam sobre a vida, o universo e tudo mais. Descobri que além de fãs de Dinosaur Jr. e My Bloody Valentine, eles eram (são) divertidos, gostam de cerveja e…enfim, leiam a entrevista e descubram por vocês mesmos.

De lá pra cá um bocado de coisas aconteceu comigo e com a Loomer. Entre outras, meu filho nasceu, e do alto de seus 3 anos é fã de Ramones; a baixista Liege não toca mais com a Loomer (continua com Hangovers e Medialunas), mas gravou as linhas que estarão em You wouldn’t anyway, primeiro e aguardado disco cheio da banda que sai agora em 2013.

E enquanto aguardamos, Mind drops e Coward soul continuam girando fortes aqui no player, afinal são em parte responsáveis pelo PCP existir. Então junte-se a mim e baixe os dois EPs, um via Senhor F e o outro via Sinewave.

Altamente recomendados!

3 comentários sobre “Loomer – Mind Drops (2009) / Coward Soul (2010)

  1. Pingback: PCP Entrevista – Loomer | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  2. Pingback: Loomer – Deserter (2017) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s