Thee Oh Sees – Putrifiers II (2012)

Lá vêm John Dwyer e Brigid Dawson em sua prolífica jornada. Desde a metade dos anos 2000 quando passaram a agir sob o nome The Oh Sees, eles não param de despejar material inédito na cabeça de fãs e/ou desavisados.

Em novembro do ano passado lançaram Carrion crawler/The dream, e já estão de volta – novamente via In The Red – com o novíssimo Putrifiers II.

Como é de praxe nos trabalhos da banda, o clima geral aqui é de insanidade; algo entre o garage rock e a psicodelia, com um bocado generoso de distorção e pirações, mais ou menos como se os freaks dos anos 60 fossem congelados e despertassem agora pra tocar numa banda lo-fi. Deu pra entender?

Ora frenéticos, ora completamente extasiados, os Oh Sees conduzem Putrifiers II como se este fosse um misto de locomotiva e carrossel, entre espasmos de velocidade/barulho, lentidão/tranquilidade.

Das 10 faixas dessa montanha russa de psilocibina, a preferida por aqui é a garageira insólita “Flood’s new light”. Mas resumindo o álbum, é como eu costumo dizer: The Oh Sees nunca falha!

Recomendado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s