Future Of The Left – The Plot Against Common Sense (2012)

O Future of The Left surgiu na metade da década passada, das cinzas de outra boa banda, o Mclusky.

O quarteto passou por uma reformulação em sua linha de frente por volta de 2010, e com seus dois novos membros chega agora ao terceiro álbum, primeiro pela Xtra Mile Recordings. Senhoras e senhores, com vocês o explosivo The plot against common sense.

Com novos baixista e guitarrista (Julia Ruzicka e Jimmy Watkins, respectivamente) mas ainda com Andrew Falkous como mente criativa e frontman, o FOTL pouco mexeu em sua música no novo trabalho. Continuam nervosos, viscerais e irreverentes.

Pra quem desconhece a banda, numa comparação rasteira eles podem ser enquadrados como algo entre o Refused, o (The International) Noise Conspiracy e grupos da cena hardcore nova iorquina dos 80’s, mas menos politizados e com teclados.

The plot against common sense traz à tona toda essa energia punk, temperada com riffs metaleiros, ritmos quebrados/tortos e os tais teclados, que por vezes são quase zunidos perturbadores e por outras tem um ar psicodélico, como na faixa “Cosmo’s ladder”.

Resumindo, o novo disco do Future of The Left flui como um rio de energia em estado bruto, pondo abaixo o que encontra pela frente. E mesmo contando agora com uma mulher em sua formação, é um álbum cheio de testosterona, agressivo e urgente como um moleque adolescente, prestes a explodir.

Perfeito para uma sessão de skate. Não recomendado pera pessoas fofas ou afins.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s