Black Twig – Paper Trees (2012)

O quarteto finlandês Black Twig debuta em 2012, mas ouvir sua música é dar um mergulho no rock alternativo dos últimos 25, 30 anos.

Seguindo nessa linha do tempo, após um EP em 2010, a banda chega agora a Paper trees, disco lançado em 11 de janeiro pelo selo Soliti.

As 10 músicas do álbum trazem um pouco de tudo que foi feito de interessante no universo das guitar bands, desde que os irmãos Reid escreveram a bíblia noise chamada Psychocandy em 1985.

Há desde melodias suaves e vocais harmônicos a muito, muito fuzz, corrompendo e encobrindo com barulho e distorções essa (oculta) face pop da banda.

Junte a essa releitura do jangle pop pitacos de pós-punk, de garage rock, de Stooges, espasmos dissonantes e diversos momentos de repetição monocórdica à kraut rock – adicionado de muito fuzz (de novo) – e você tem a fórmula básica de Paper trees.

Uma boa e barulhenta estreia do Black Twig.

Recomendo!

Um comentário sobre “Black Twig – Paper Trees (2012)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s