Travelling Wave – Simoom (2016)

Esta é a primeira vez que colocamos na roda aqui no PCP um trabalho dos paulistas da Travelling Wave, mas isso não significa que nossos olhos e ouvidos não estejam ligados no quarteto já há algum tempo.

Eles lançaram em 2013 seu primeiro e até então único disco cheio, chamado T-Wave, mas antes disso já vinham despejando barulho pela rede em forma de canções autorais e covers matadoras (“Wolf like me”, do TV On The Radio, por exemplo). E após regravarem “Snare girl”, do Sonic Youth, uma luzinha acendeu aqui na redação e ficamos aguardando um novo registro da banda, que finalmente chegou. Com vocês, Simoom.

 

 

A primeira impressão ao apertar o play e escutar “In a dream”, que abre o EP, é de que a banda amadureceu muito de três anos pra cá. A música tem uma aura grandiosa, épica; é tão soturna e distorcida quanto qualquer uma das faixas de T-wave, mas numa analogia anatômica pode-se dizer que é a versão adulta da adolescência de 2013.

Nas canções seguintes essa impressão se torna uma certeza: as composições da Travelling Wave ganharam força e forma, o grupo conseguiu moldar o barulho à sua vontade para encaixá-lo como uma luva sobre sua estrutura ao mesmo tempo sombria, sexy e chapada.

Recomendamos então sentir o vento quente e envenenado chamado Simoom soprar em seu rosto, sem tentar resistir a ele. A tempestade é intensa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s