Blur – The Magical Whip (2015)


Os dias de glória – e seus excessos – foram longos para o Blur. Durante praticamente toda a década de noventa a banda de Colchester esteve na boca do povo, lançando um disco bacana após o outro, bebendo os louros desses êxitos comerciais e se estapeando com os irmãos Gallagher pela medalha de ouro no pódio do rock inglês.

Mas aí os 90’s foram chegando ao fim. Graham Coxon estava muito bêbado e Damon Albarn era chutado por Justine Frischmann; em 1999 a banda lançava 13 sob esse céu escuro e em 2003, agora já sob uma enorme tempestade, punha no mercado Think tank e se separava de uma vez por todas.

Obviamente essa conversa de ‘uma vez por todas’ raramente é verdadeira…

Não vou entrar no campo dos trabalhos solo e/ou paralelos dos membros do Blur nem dos singles e shows que fizeram nesse intervalo, então foram, no fim das contas, 12 anos sem um trabalho inédito e conjunto dos quatro queridos da mídia britânica. Até que em abril veio à tona seu oitavo álbum, que você ouve agora aqui no PCP: The magical whip.

Com uma ‘mãozinha’ do produtor e velho amigo Stephen Street – responsável pelos citados grandes êxitos do Blur nos anos 90 – a banda conseguiu, como se diz, dar a volta por cima.

Mesmo sem trazer antenas pop como “Girls & boys” ou pérolas melancólicas como “The universal”, The magical whip é cheio de méritos. Citando, a meu ver, os principais: primeiro, ao menos musicalmente a química entre o grupo vai muito bem, obrigado. O disco não soa como um trabalho solo; tem, digamos, a cara do Blur, com a dupla Albarn e Coxon afiadíssima.

Segundo, e mais importante: eles não tentam reeditar tudo que produziram há 20, 25 anos. O álbum não tem o ‘brilho’ de Parklife ou The great escape, mas não é forçadamente iluminado à luz do passado, tornando-se apenas uma sombra. Tem vida própria sim, e se não levará o Blur ao topo do mundo não os deixará – nem a seus fãs- com o gosto amargo de um fim prematuro em suas bocas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s