Wander Wildner – Existe Alguém Aí? (2015)

Wander Wildner, o grande Wander Wildner está de volta com um novo trabalho dois anos após Mokochinchi folksom.

Existe alguém aí?, seu oitavo disco solo saiu em 02 de março, e é, ao menos pelo que se lê na rede, o retorno do ex-vocalista d’Os Replicantes ao rock and roll. A pergunta é: ele saiu de lá em algum momento?

O gaúcho já foi punk, já foi folk, já foi pop, já foi tudo e mais um pouco. Foi enquadrado no chamado brega, mas brega ele sempre foi, mesmo quando era punk, então isso não serve como rótulo. Aliás, pra que rotular um cara como Wander Wildner?

Sim, Existe alguém aí? é guiado por guitarras, feito pra se entorpecer bebendo vinho e vomitando roxo pelas ruas da cidade inundada, é ‘roqueiro’ no sentido mais comum da palavra, mas porra, isso não deveria ser novidade para ninguém.

O que realmente me surpreendeu neste disco foi a duração de algumas faixas, como “Réquiem para uma cidade” e “Sobrevoando as ruas da cidade”, ambas com mais de seis minutos. No mais, é puro WW, do jeito que a gente sempre gostou, roqueiro, brega e o escambau. Ouça e me diga o que achou, de preferência tomando umas em algum pé sujo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s