Phantogram – Voices (2014)

Phantogram é a dupla novaiorquina Sarah Barthel e Josh Carter, revivalistas do trip hop que chegam neste início de 2014 a seu segundo álbum, Voices.

Lançado em fevereiro por um dos braços da Universal, a Republic Records, o disco vem sendo festejado por alguns como um dos melhores produtos do trip hop desde seus dias de glória nos anos 90 e o duo vem conquistando uma legião de fãs graças a ele. Mas Voices não me convence.

A dupla colocou as guitarras (ou similares eletrônicos) de lado neste novo álbum. Não que em Eyelid Movies, o anterior, as coisas fossem assim tão mais barulhentas, mas a aposta agora é em outras frentes.

Mais hip hop – e dub/dubstep – injetado nas bases as tornam o melhor do disco, mas essas bases não combinam com a voz gótica de Barthel. É mais ou menos como colocar Beth Gibbons pra cantar sobre os esqueletos das músicas de Tricky. Não rola.

De qualquer forma, é prova de que o trip hop continua rendendo frutos. Mas ainda espero por alguns mais saborosos e entorpecentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s