Inky – Parallels (2013)

O quarteto paulistano Inky é aquele tipo de banda que parece ter nascido predestinada ao sucesso. Formada em 2010, apenas um ano mais tarde abriram o show do LCD Soundsystem na ex-terra da garoa, o que já ilustra bem ‘a quina pra lua’ da banda. Em 2012, viajaram para Amsterdam e gravaram por lá uma música (“No one’s town”) acompanhados pela Metropole Orkestra – sob a tutela do produtor Steve Lillywhite (U2, Rolling Stones, Talking Heads) – para uma campanha da Philips.

E após tudo isso, já com uma bagagem invejável, lançaram de forma independente no início deste ano seu primeiro trabalho, o EP Parallels.

Aos primeiros acordes da suculenta linha de baixo que abre “Nightbirds”, primeira faixa do diquinho, já me amarrei na música do quarteto. É o que chamam por aí de indietronic, seja lá o que isso signifique. O lance é que Parallels é rock, é eletrônica, tem um quê e madchester, outro de new wave, e é pra gastar a sola dos sapatos, especialmente com “Baião” – faixa que ganhou também dois remixes, um da dupla Clickbox, que produziu o EP, e outro de Davis Genuino.

“Howlin’ to the moon” é a mais roqueira das três canções, e mostra que o Inky também é bom fora das pistas de dança. Grande estreia, que já nos deixa na espera pelo primeiro disco cheio.

Recomendado!

Um comentário sobre “Inky – Parallels (2013)

  1. Pingback: Inky – Primal Swag (2014) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s