New Order – Blue Monday (1983)

 

Power, corruption & lies, segundo disco cheio do New Order, saiu em 1983 e portanto completa neste ano de nosso senhor 30 aninhos. Vai ganhar um texto comemorativo aqui no PCP? Provavelmente, porque é na verdade o primeiro disco dos caras, e não o segundo, portanto tem um enorme valor histórico – e sentimental.

Mas antes de chegarmos ao álbum em si, vamos homenagear um single também lançado em 83, o 12 polegadas mais vendido da história, com a música que mudou tudo, que misturou Nova Iorque e Berlim, Arthur Baker e Kraftwerk, e por assim dizer, criou a dance music. Isso e muito mais chama-se “Blue monday”.

 

 

Minhas primeiras experiências com “Blue monday” remontam ao fim da infância/começo da puberdade (isso ainda existe?), época em que o New Order lançou a coletânea Substance. Em todas as festinhas nada superava o momento em que a vitrola rodava essa música em sua versão ’88 – incrementada e inferior à original, diga-se.

O lance é que o tempo passou, “Blue monday” ganhou mais uma versão oficial (’95), foi remixada, sampleada, reinterpretada, copiada e o escambau por um sem número de outros artistas (de Unkle a M.I.A, de Kylie Minogue a Quincy Jones); ganhou status de ‘a música eletrônica mais influente de todos os tempos (não pra menos); entrou em trocentas listas importantes e outras trocentas não importantes (foi eleita a melhor música dos anos 80 pela NME) e em diversas trilhas sonoras…e nós, simples mortais – eu, você e todos que conhecemos – continuamos dançando e dançando ao som de uma Oberheim DMX, um Moog Source e da voz fria de Bernard Sumner.

Ah, no lado b do single há uma versão instrumental e com algumas diferenças (ecos, loops, pedaços dos vocais com vocoder, etc) de “Blue monday”, chamada “The beach”.

 

 

Essencial, pra dizer o mínimo!

Anúncios

6 comentários sobre “New Order – Blue Monday (1983)

  1. Hey! Por que o trecho “…porque é na verdade o primeiro disco dos caras, e não o segundo…”? (sobre o “Power, Corruption & Lies”). “Blue Monday” não fazia parte da edição original do “Power…”: ela só entrou em 2008 na Collector’s Edition. O primeiro single do New Order a entrar num álbum foi “The Perfect Kiss” (numa versão editada), em 1985, no “Low Life”. Abrasss!

  2. eu não considero o movement um disco do new order, bro. pra mim é joy sem o ian. agora a info de blue monday eu não sabia, sempre achei que ela estava no disco original…rsrsrs. valeu, mestre! abrazz

  3. Pois é… “Blue Monday” saiu quase simultâneamente à “Power, Corruption & Lies”, mas nesse álbum tem uma prima bem próxima à “Blue Monday”: a última faixa do lado A, “586”. Ela contém elementos bem parecidos, especialmente na programação e timbres de bateria e no entroncamento dance music/technopop europeu. Uma curiosidade: certa vez assisti uma entrevista de Neil Tennant (Pet Shop Boys), onde ele dizia ter chorado quando ouviu “Blue Monday” pela primeira vez. Segundo Neil, meses antes do lançamento do single do New Order, ele e o tecladista Cris Lowe estavam trabalhando numa faixa com idéias semelhantes, principalmente com relação ao baixo disco (aquele famoso “dugu-dugu-dugu-dugu”), mas desistiram do projeto assim que a agulha pousou naquele 12″… haha.

    • Ah, 586 acabou saindo em single séculos depois, numa versão (muito) extended – extended demais, eu diria – diferente e bem chata, chamada Video 586. Não recomendo, mas ouçam e vejam se encaram:

  4. meus amigos , a primeira vez que eu ouvi a versão original dessa canção no inicio de 1989 na 89FM , pirei e quase caí da cadeira. Peguei e tive uma crise de newordeatite brava e quase nunca mais escapei do tamanho do choque, fiquei louco por obter um disco dessa banda : já tinha ganhado em agosto de 1989 o Technique e em 1990 obtive o substance, mas eu queria TODOS. Minha frustração de não consegui- los.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s