The Smiths – Hand In Glove (1983)

2013 marca o 30° aniversário dos primeiros registros musicais dos Smiths. Antes de mergulharmos ainda mais na história da banda e chegarmos às lendárias sessões de gravação com o produtor Troy Tate, celebremos o debute oficial de Morrissey, Marr, Andy Rourke e Mike Joyce.

O single Hand in glove foi lançado em maio de 83 pela Rough Trade, apresentando ao mundo um jovem e promissor quarteto de Manchester e causando polêmica sobre a sexualidade de seu vocalista.

Isso, obviamente, porque mesmo antes de por o disquinho pra girar na vitrola e ouvir suas duas faixas (“Hand in glove” e “Handsome devil”), quem comprava o single era presenteado logo de cara com uma foto de um homem nu, de costas. Lembrando que isso aconteceu na Inglaterra, em 1983.

Bom, já que a parte conservadora da população bebia chá e debatia o futuro sexual da juventude inglesa, essa mesma juventude se descabelava com Morrissey cantando “e se as pessoas encararem, deixe que encarem; eu realmente não me importo” enquanto Johnny Marr, então um moleque de 20 anos, pavimentava o caminho seguido por nove entre dez guitarristas à partir dali.

Para quem quiser, uma busca na rede pode ajudar a descobrir mais detalhes sobre Hand in glove. Por aqui, basta dizer do encontro entre ego e talento gigantes nascia a perfeição. Ouça e confirme.

Anúncios

Um comentário sobre “The Smiths – Hand In Glove (1983)

  1. Pingback: The Smiths – The Complete Peel Sessions | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s