The Flaming Lips – Transmissions From The Satellite Heart (1993)

Se em 92 o Flaming Lips lançava seu debute pela Warner (Hit to death in the future head) e começava a trilhar uma estrada diferente dentro de seus caminhos nunca usuais, foi em 1993, com Transmissions from the satellite heart – o segundo pela major – que a banda de Oklahoma punha definitivamente seus lábios flamejantes em evidência.

Lançado em janeiro daquele ano, o álbum marca um momento angular na carreira de Wayne Coyne e cia. Além de deixarem para trás o gueto indie – impulsionados pela MTV, que rodava sem parar os clipes “Turn it on” e (especialmente) “She don’t use jelly”; e pelo ‘puxão’ dado por Nevermind no underground roqueiro – ali moldaram em 11 faixas a fórmula na qual vinham trabalhando há tempos: barulho + psicodelias + esquisitices + canções (quase) assobiáveis num pop (quase) radiofônico.

 

Difícil não se render à abertura de Transmissions, com a já citada “Turn it on” seguida da distorcida porém melódica (e preferida da casa) “Pilot can at the queer of god”.

Claro, mesmo com estruturas musicais mais amigáveis (a faixa mais longa, “Slow nerve action”, tem pouco mais de 5 minutos) as letras do disco não falam sobre corações partidos e outros assuntos comuns à música pop, pelo menos não direta e romanticamente. O lance aqui são drogas, deus, ironia, alucinações, humor ácido e ‘freakices’ em geral (‘Once in a while, the zebras run to the spaceman and his gun, in the spider’s web’, canta Coyne em “Superhumans”).

 

 

Nos anos seguintes os Lips não pararam de lançar grandes álbuns, empurrando nos executivos da Warner tantas loucuras quantas se possa conceber (Christmas on mars, por exemplo), criando obras-primas (The soft bulletin, pra citar o mais ‘reconhecido’) e irritando fãs do Pink Floyd (com sua versão de The dark side of the moon).

E talvez, somente talvez, a garganta da gravadora tenha sido escancarada para engolir tudo isso devido a Transmissions from the satellite heart, o disco que apresentou o Flaming Lips a todo o mundo. Inclusive a mim.

Essencial!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s