All The Saints – Intro To Fractions (2012)

Jim, Matt e Tittus se conheceram no Alabama, mas quando se mudaram de mala, cuia e instrumentos de barulho (ops, trabalho) para Atlanta já levavam consigo o nome All The Saints.

A música do trio é qualquer coisa entre a leseira psicodélica, distorções e uma carga de peso que por muitas vezes traz à memória algo do metal. É com essa atitude que os caras chegam em 2012 a seu terceiro álbum, Intro to fractions (via Souterrain Transmissions) .

As 13 faixas do disco vão oscilando exatamente assim. Ora é mais rápido e quebrado, ora lento e arrastado, mas sempre barulhento e nublado. A cozinha é invejável, o que se percebe logo de cara com “Half red, half way” e “Poly daughters” e a preferida da casa “Alteration”, três dos pesos pesados de Intro to fractions.

Essa variação – com tendência maior ao peso, diga-se – lembra muito os singles do início da carreira do Smashing Pumpkins, mas os vocais e timbres de guitarra aproximam-se mais dos trabalhos do ótimo Autolux. A mistura fica boa, já que não há resquícios de Billy Corgan…

Esse jeito de fazer música do All The Saints pode não ser novidade, mas deve-se admitir que os caras conseguiram encontrar um caminho próprio. Talvez menos bluesy que alguns anos atrás, talvez mais borrados pelas distorções, mas com personalidade (explosiva).

Recomendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s