Guided By Voices – Let’s Go Eat The Factory (2012)

Nação indie em polvorosa. O Guided By Voices está de volta com sua formação clássica, em disco novo, gravado à maneira usual da banda em seus grandes dias: na casa de seus integrantes.

Let’s go eat the factory, 16° trabalho do grupo que saiu neste comecinho de ano (dia 1°, via Fire Records e GBV Inc.) traz o incansável Robert Pollard ao lado de Tobin Sprout, Greg Demos, Mitch Mitchell e Kevin Fennell juntos (o que não acontecia desde Under the bushes under the stars, de 1996), e o resultado é um disco…com cara de GBV, para o bem e para o mal.

Isso significa que Let’s go eat the factory é longo, com 21 faixas; e que destas 21 faixas mais ou menos a metade vale realmente à pena.

Significa também que a metade boa é muito boa. Indie rock de baixa fidelidade, oscilando entre músicas mais calmas e outras aceleradas, mas sempre (in)tensas e movidas à guitarra.

No frigir dos ovos, Let’s go é um bom álbum e mostra que os tiozinhos do Guided By Voices ainda se mantêm em forma 21 anos após sua formação.

Quem quiser conferir pode escutar o disco na íntegra, no NPR. Basta clicar aqui.

Um comentário sobre “Guided By Voices – Let’s Go Eat The Factory (2012)

  1. Pingback: Guided By Voices – The Bear For Lunch (2012) « PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s