Cloud Nothings – Attack On Memory (2012)

a3161240829_16

Dylan Baudi começou o projeto Cloud Nothings como tantos outros moleques começaram projetos de rock lo-fi nos anos 2000: sozinho em seu quarto, gravando em fitas cassete.

Imbuído desse espírito de baixa fidelidade, lançou em 2009 e 2012 dois discos pela Carpark (Turning on e Cloud nothings) e no início de 2012 põe na roda pelo mesmo selo seu terceiro trabalho, Attack on memory (lançado no Brasil pela Vigilante).

Agora contando com um estúdio ‘de verdade’ e com o lendário Steve Albini na produção, Baldi deixou para trás os anos de gravações caseiras e a estética lo-fi para apostar numa sonoridade mais polida e voltada à riffs, cheia de suas influências atuais (segundo o próprio, ‘músicas feitas antes dele nascer).

 

 

Nesse caldo entra um tanto de hard rock (Sabbath, Thin Lizzy) e muito, mas muito de uma banda que no começo dos 80’s entortou o punk e criou o grunge anos antes das bandas de Seattle, o Wipers.

Attack on memory vai nessa pegada do começo ao fim, com vocais gritados e um ar sempre tenso, quase como se Baldi quisesse externar o fim de sua adolescência de forma visceral, não-contida.

Resta saber se este novo caminho será bom para o futuro do Cloud Nothings. Por aqui essa guinada foi aprovada, mas os xiitas lo-fi rejeitam quaisquer mudanças, então veremos o desenrolar da história nas cenas dos próximos capítulos.

Anúncios

2 comentários sobre “Cloud Nothings – Attack On Memory (2012)

  1. Pingback: Cloud Nothings – Here And Nowhere Else (2014) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  2. Pingback: Cloud Nothings – Life Without Sound (2017) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s