Ringo Deathstarr – Sparkler (2011)

Ou

Após passarem por nossas páginas com um dos melhores álbuns do ano e recentemente com um EP que pode prenunciar um novo trabalho, os texanos do Ringo Deathstarr voltam agora ao P.C.P com uma coletânea lançada em setembro pela mesma Club AC30.

Sparkler traz 09 faixas dos primórdios da banda, e ao ouví-las é fácil perceber a evolução do Deathstarr até chegarem a Colour trip.

“Swirly” abre Sparkler já com aquela mistura muitíssimo bem balanceada entre o fuzz dos irmãos Reid circa Psychocandy e a preguiça distorcida em efeitos do MBV.

Daí em diante o movimento das peças varia um pouco, mas de uma forma geral é este caminho que seguem. Muito barulho das guitarras, vocais etéreos e viajantes em canções que por vezes aceleram, por outras chapam e por outras fazem as duas coisas ao mesmo tempo, como um ácido anfetaminado.

Pra quem não conhece a banda, uma ótima porta de entrada. Para quem já conhece, a oportunidade de sacar de onde vieram.

As favoritas da casa (hoje) são “In love” e “Rats live on evil”.

Recomendado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s