The Strokes – Is This It (2001)

Até hoje não tenho certeza dos meus sentimentos sobre Is this it, o disco de estreia dos meninos ricos e sujinhos de Nova Iorque, os Strokes.

Isso é um bom sinal no fim das contas, porque significa que o disco GERA reações e sentimentos.

Musicalmente, que na real é o que importa, Is this it beira a perfeição. Seja por trazer para o novo século influências certeiras – do Television à new wave, do Velvet Undergound ao garage rock – seja por remodelar essas referências de acordo com uma visão própria de música, criando uma obra original.

O álbum se sustenta nos riffs crus de guitarra, na cozinha também básica (não há viradas em Is this it, repare) e nos vocais ora preguiçosos, ora viscerais, sempre blasé. Pegue faixas como “The modern age”, “Hard to explain”, Take or leave it”, “NYC cops”…todas são assim, e essa receita básica basta para torná-las grandes canções.

sim, nós somos modernos

O grande problema de Is this it – e de seus criadores – é o que foi feito à partir dele(s). O buzz sobre os Strokes os tornou algo que definitivamente eles não eram, e nem são: salvadores do rock e da juventude roqueira e urbana desse mundo globalizado pós-internet.

Se vestir como os Strokes e ter aquela ‘pose Stroke’ é via de regra até hoje, tocar como eles e superestimar seu debute também (veja aqui no Brasil os Sabonetes – e outras tantas bandas – ou a coletânea chamada Is this indie, com artistas brasucas refazendo as faixas do original).

Ok, este não é um problema para quem se propõe a escrever sobre música, certo? Errado!

A música não existe numa realidade paralela ou numa esfera separada do ‘mundo real’; é criada dentro do contexto social e cultural que cerca o artista. Logo, quem escreve sobre música escreve também sobre esse mesmo contexto, e se vê cercado por um mundo de iguais, de cópias, de falta de atitude e originalidade.

Mas isso definitivamente não é culpa dos Strokes!

Anúncios

5 comentários sobre “The Strokes – Is This It (2001)

  1. Pingback: Black Rebel Motorcycle Club – B.R.M.C (2000) « Pequenos Clássicos Perdidos

  2. Pingback: Vídeo – The Strokes Live @ MTV 2$ Bill (2002) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

  3. Disco sensacional.

    Me lembro bem quando (finada)a rádio BR2000rock lançou através do programa do “Maia” por sorte estava ouvindo…
    Corri pra galeria e pra minha sorte(após muita procura) tinha o cd lá, e pasmem: era 15 conto e o vendedor me disse: “há já sei, é uns que fazem cover do Joy division…

    Era a ressaca do OASIS, e foi sim, uma dose de água tônica com limão.

    Eu tenho um bootlegs da época, e ouço até hoje.

    Parabéns pela publicação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s