Freud And The Suicidal Vampires – Sick Boy And Spud (2014)

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse moleque australiano chamado Calum foi o nome de sua banda (aparentemente de um homem só): Freud and The Suicidal Vampires. Depois, obviamente, a capa e o nome do que parece ser seu terceiro disco cheio: Sick Boy and Spud, dois dos personagens de um dos filmes favoritos por aqui, “Trainspotting”, de 1996.

Quando parei pra ouvir, esperava alguma coisa sombria e suja, talvez até meio deprimida pelo uso contínuo de heroína, mas ao invés disso me deparei com 9 faixas que só podem ser descritas como surf punk pop music de baixa fidelidade. Ou o que o valha. Ouçam:

O disco tem um ar tão adolescente que dá até pra ver espinhas saltando dele. Por vezes parece o Japanther sem as experimentações, por outras o Green Day de bermudas floridas, por outras ainda o Weezer sem o pullover e os óculos. Enfim, é pop e barulhento, tem um quê de garage rock, mas nada sério; o lance aqui é ouvir o álbum da mesma maneira que ele aparenta ter sido feito: pra se divertir.

Menino de futuro esse Calum!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s