Kid Foguete – Pure Places (2014)

No final de abril recebi um email sobre uma banda chamada Kid Foguete, que estava prestes a lançar seu segundo EP. Meus poucos neurônios restantes se debateram tentando me lembrar de onde conhecia este nome incomum, mas lutar contra a escassez de memória é uma tarefa árdua, e só não perdi esta batalha graças ao Floga-se, que fez o favor de recordar: Kid Foguete vem de “Kid Foguete no Matadouro”, conto do genial e bêbado Charles Bukowski.

Enfim, em 05 de maio último foi lançado o tal EP do quinteto paulistano, bola da vez aqui no PCP. Com vocês, Pure places.

O novo disquinho de seis faixas sucede Asteroids, lançado no ano passado, e foi gravado também em 2013, entre agosto e novembro.

Pure places foi produzido por Billy Oh (ex-Alarde), mixado por Marcelo Calbucci e masterizado por Mike Marsh (Depeche Mode, Oasis, Björk, etc), e é mais um delicioso sopro do indie rock noventista a adentrar os anos 10. Calcado no trabalho de guitarras, com vocais em inglês, o EP remete à uma porção de boas bandas (Yo La Tengo, Silversun Pick Ups, Swervedriver) e mostra que o Kid Foguete se serve de ótimas referências na hora de criar sua música.

Na prateleira virtual do PCP estão ao lado dos mineiros Churrus.

Recomendado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s