Ceticências – Lua (2013)

Produtores brasileiros de música eletrônica como a que cria o Ceticências não se veem aos montes por aí; ou eles são realmente poucos ou se escondem muito bem nos subterrâneos dos blips e blóins.

Agora acompanhado por Sávio de Queiroz, o prolífico Cadu Tenório fechou 2013 com o terceiro trabalho deste seu projeto no ano, mais uma vez impressionando com o álbum chamado simplesmente Lua.

Gravado e produzido em setembro último pela dupla Cadu/Sávio, masterizado e mixado por Emygdio Costa (Sobre a Máquina, Fábrica), o disco traz seis faixas longas, experimentais, com beats profundos e graves que apresentam uma proximidade com o techno, mas recortados de forma a retorcer os padrões 4X4.

Quer dizer, há repetições em Lua, mas – ainda bem – não são elas que dão o tom ao álbum. Samples (será que ouvi Atari Teenage Riot e 808 State?), loops, efeitos, batidas, nada é ‘quadrado’, feito para se encaixar ou ser compreendido.

Enfim, o disco me parece um passo largo em termos técnicos como produção/masterização e também na ausência de fronteiras e medos na hora do Ceticências criar. E essa ausência é o que realmente me importa, afinal música é arte e não deve conhecer limites.

Altamente recomendado para mentes abertas!

PS: Lua está disponível para download gratuito no braço musical da Vice, o Noisey.

Anúncios

Um comentário sobre “Ceticências – Lua (2013)

  1. Pingback: Especial – Os Melhores Álbuns Nacionais De 2013 | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s