Blue Sky Black Death – Euphoric Tape (2013)

Em 2011, quando ouvi pela primeira vez o duo de Seattle Blue Sky Black Death, levei um tranco. Noir, o álbum dos caras lançado naquele ano, me deixou de queixo caído por ser tão intrínseco, cheio de diferentes elementos e consequentemente ir tão além do hip hop convencional.

Dois anos depois Kingston e Young God voltam ao PCP com mais um trabalho ímpar no universo do ritmo e poesia – até porque nele não há poesia, só ritmo. E flertes com dream pop, coldwave, ambient, pós-dubstep…com vocês, Euphoric tape.

A ‘fita’, que saiu oficialmente em 19 de fevereiro, foi gravada após pedidos de fãs para que o BSBD lançasse mais um trabalho instrumental (papel e caneta na mão + um microfone + algum software para editar áudio e você pode se divertir um bocado).

Para tal missão a dupla recrutou os parceiros Nacho Picasso, Deniro Farrar, Pepperboy, Donnis, Mondre M.A.N, Key Nyata e Donnis, que ajudaram na criação das 13 faixas que compõem Euphoric tape.

O resultado é um disco sombrio, de beats lentos e ar chapado, atmosférico, coberto por sintetizadores e – apesar do nome – nada eufórico. O clima aqui está mais para hipnose enfumaçada, se é que você me entende.

Aperte o play e sinta o flow.

Anúncios

Um comentário sobre “Blue Sky Black Death – Euphoric Tape (2013)

  1. Pingback: Blue Sky Black Death – Euphoric Tape III (2014) | PEQUENOS CLÁSSICOS PERDIDOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s