Superchunk – Tossing Seeds [Singles 89-91] (1992)

Muitas bandas lançam coletâneas de singles, mas poucos destes discos são tão emblemáticos para seu tempo quanto Tossing seeds, que compila os primeiros registros do seminal Superchunk.

Lançado em 92 pela Merge (claro!), o álbum é preciso para se entender o rock alternativo pré-Nevermind, época em que o Superchunk, assim como Pixies e outros traziam o raw power do punk para canções mais elaboradas e baseadas no trabalho das guitarras.

“Slack motherfucker”, eleita a melhor música dos anos 80 por alguma publicação musical

Essa energia sintetizada é a essência de Tossing seeds (e de tudo que o Superchunk vem fazendo ao longo dos anos), da primeira à última faixa. Não há requintes de produção, a voz de Mac está mais esganiçada que nunca, mas esse espírito do it yourself era o que movia o indie rock antes do indie rock ser o que é hoje, com padrões menos musicais e mais estéticos.

Primeiro show da banda?

Então, para celebrar esta sexta-feira, o PCP corre mais uma vez o risco de ser caçado e compartilha com seus leitores essa preciosidade que é Tossing seeds, o registro cru e visceral de uma das bandas mais importantes para o rock alternativo.

Essencial!

2 comentários sobre “Superchunk – Tossing Seeds [Singles 89-91] (1992)

Deixe uma resposta para fabiobridges Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s