Tennis – Young And Old (2012)

O casal Alaina Moore e Patrick Riley, aka Tennis está de volta, um ano após o sua estreia em disco com o bonitinho Cape dori, gravado numa trip de sete meses dentro de um barco.

Young and old, novo álbum da dupla, ao que consta não foi gravado em um barco, mas mantém muito em comum com seu predecessor.

Em primeiro lugar, Young and old – que sai oficialmente no dia dos namorados gringo, 14 de fevereiro – chega pela mesma Fat Possum que lançou Cape dori. Ambos têm dez faixas, sendo que nenhuma delas passa muito dos 3 minutos.

Os dois discos são muito românticos, beirando a ingenuidade (Young and old sai no dia dos namorados…). Os arranjos dos álbuns são simples, descomplicados e sem enfeites, e a voz de Alaina continua doce, algo entre a musa da fofura Harriet Wheeler (The Sundays) e a musa trash Nina Persson (Cardigans). Por último, as duas capas são péssimas…

De diferente, Young and old foi concebido em apenas três meses, contou com a produção de Patrick Carney (Black Keys) e provavelmente por isso é musicalmente mais rico, cheio – mas nada complexo.

Enfim e sem mais, o novo trabalho do casal Tennis é – assim como o anterior – pop pra cacete. Mas é bacana!

Recomendado para quem não quer complicação.

Um comentário sobre “Tennis – Young And Old (2012)

  1. Pingback: La Sera – Sees The Light (2012) « Pequenos Clássicos Perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s