Wilco – The Whole Love (2011)

Os veteranos e queridíssimos – não sem razões – da cena indie-qualquer-coisa Wilco lançaram alguns dos discos mais bonitos do período entre a última metade dos anos 90 e a primeira dos anos 2000.

Em sua discografia completa há altos e baixos, mas nenhum trabalho da banda de Jeff Tweedy é desprezível. Todos guardam bons momentos, e The whole love, o mais recente deles, condensa um pouco de cada um desses bons momentos em suas 12 faixas.

Entre a beleza triste do country alternativo – assinatura da banda – em “Black moon” e o pop da ótima “Born alone”; o barulho lo-fi de “Dawned on me” e a psicodelia de “Sunloathe”, o Wilco mais uma vez apostou na simplicidade para realizar outro grande trabalho.

The whole love (lançado pela Anti Records) exala honestidade e deixa as pretensões de fora. Composto por ótimas e assobiáveis canções, pode não ter o impacto de Yankee hotel foxtrot (álbum de 2002), mas passa longe da mediocridade indie pop sem rosto que circula por aí.

Recomendado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s