Mazzy Star – Still (2018)

  Na metade do ano passado, quando o Mazzy Star estava pra lançar este EP chamado Still, me lembro de ter tocado sua primeira faixa, “Quiet, the winter harbour” na versão radiofônica do Pequenos Clássicos Perdidos. Mas depois, atropelado como sempre, perdi o fio da meada e me esqueci completamente do disquinho. Bem, como dizem…

The Warlocks – Phoenix Album (2002)

  Descobri o Warlocks junto a uma caralhada porção de outras bandas psicodélicas dos anos 2000, quando peguei carona na discografia do BJM para mergulhar fundo nas drogas no universo de correlatos do combo insano de Anton Newcombe. Meu primeiro contato com essa verdadeira orquestra lisérgica de Los Angeles (às vezes chegam a nove membros…

Liars – Liars (2007)

  Eu conheci o Liars exatamente em 2007, exatamente com esse disco, e achei que a discografia anterior deles era exatamente igual. Não podia estar mais enganado. Não sei se por sorte ou azar (ou nada disso) acabei por descobrir a banda do Brooklyn quando eles decidiram fazer um ‘álbum pop’. Me amarrei absurdamente em…

Moose – Jack EP (1991)

  O Moose nasceu em Londres no olho do furacão shoegaze, em 1990, e logo no ano seguinte lançou uma trinca de EPs que colocou a banda como preferida de muita gente que vivia a cena que se auto celebra. Mas mudanças na formação do grupo, um acordo do selo que os distribuía à época…

Swervedriver – Future Ruins (2019)

  É bom pra caralho demais ver uma banda como o Swervedriver na ativa após tanto tempo de existência e com um hiato igualmente longo em meio a seus quase 30 anos de estrada. Melhor ainda é vê-los tocando como se nunca tivessem parado, de uma forma natural, fluída. A despeito do show que fizeram…

Blur – Parklife (1994)

  Eu não gostava de Blur em 1994, quando Parklife foi lançado. Na verdade, em 25 de abril daquele ano eu acabara de completar 18 anos e passava longe de quase todo o britpop, especialmente deles e dos irmãos Gallagher (ok, havia o Pulp, mas aí é outra conversa). Minhas trips eram outras, e nelas…

Skywave – Echodrone (1999)

  A discografia do Skywave é meio confusa pra minha cabeça igualmente confusa, há CDRs, cassetes e outras gravações ‘caseiras’, mas pelo que sei Echodrone é o segundo disco de Paul Baker, Oliver Ackermann e John Fedowitz, três dos maiores responsáveis pelo barulho ainda correr solto por aí até hoje. Assim como o debute do…

Guided By Voices – Zeppelin Over China (2019)

  Zepellin over China é o milionésimo ducentésimo quinquagésimo terceiro disco da carreira do mais-que-prolífico Robert Pollard e seu Guided by Voices, lançado assim como seus oito predecessores de forma independente, no último dia primeiro deste fevereiro que vem chegando ao fim. O álbum tem 1.234.825 faixas e 26h48 de duração e é o 174°…

Ladytron – Ladytron (2019)

  Há oito anos o Ladytron lançava Gravity the seducer e logo após finalizar a turnê de divulgação do disco entrava num longo hiato, que deu tempo para que seus membros embarcassem nos mais variados projetos pessoais. Reuben Wu investiu na carreira de fotógrafo, Helen Marnie lançou dois álbuns solo, Mira Aroyo foi colaborar com…

Crocodiles – Love Is Here (2019)

  Há três anos Brandon Welchez e Charles Rowell entregaram ao mundo Dreamless, um disco divertido, cheio dos grooves que a dupla começou a incorporar à sua barulheira em Boys, de 2015. Chegamos a 2019, e eis que a dupla que atende pelo nome Crocodiles tira do forno Love is here, e lá se vão…

Bob Mould – Workbook (1989)

  Hoje estava fuçando em fotos antigas na rede social azul e me deparei com uma muito especial, tirada na noite de 05 de outubro de 2013. Nela, estamos eu e um jovem senhor de 53 anos de idade que havia acabado de por a choperia do SESC Pompeia abaixo com sua banda. É doido…