Filme: 1984 (1984)

Eu tive a sorte de ler “1984”, último romance do escritor inglês George Orwell, ainda na adolescência. Mais que uma simples leitura, o contato foi uma experiência devastadora, daquelas que marcam a vida de uma forma irreversível.

A história da vida de Winston, o ‘último homem da Europa’ – um dos títulos originais do livro, aliás – sob o regime totalitário do Grande Irmão (sim, do inglês Big Brother, mesmo nome daquele lixo exibido na TV) e suas inúmeras agruras me ensinaram muito sobre o poder do Estado sobre o homem e sobre a importância de uma postura crítica e combativa em relação a esse mesmo Estado e seus muitos paramentos. Para quem desconhece, há na Wikipédia um breve resumo do livro.

Em 1984 o diretor Michael Radford rodou uma fiel versão cinematográfica da obra de Orwell, com John Hurt, Richard Burton e Suzanna Hamilton nos papéis principais da trama. E é este filme que a gente compartilha por aqui agora, neste momento absurdamente orwelliano em que vivemos, com o Estado cagando sobre nossas cabeças, suas ferramentas midiáticas distorcendo a realidade diante de nossos olhos e infelizmente com os dois minutos de ódio se tornando via de regra em redes sociais.

O futuro distópico de George Orwell chegou. Sejamos Winston!

PS: Antes da versão de Radford, em 1956 (6 anos após o lançamento do livro) o diretor Michael Anderson já havia transformado “1984” em filme, que você pode assistir aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s