Black Lips – Underneath The Rainbow (2014)

Porra, por que mexer em time que está ganhando? Foi exatamente o que pensei ao ouvir Underneath the rainbow, mais recente álbum do quarteto Black Lips.

Não que o disco seja 100% ruim, mas pra quem conhece e gosta do trabalho soa caras esta é definitivamente uma bola fora. Confiram:

Com exceção a umas duas ou três faixas (as garageiras “Funny” e “Do the vibrate”, arrebatadoras; e o blues bêbado “Boys in the wood”) nada em Underneath the rainbow tem o poder de fogo demonstrado pelos lábios negros anteriormente.

Muito dessa perda, ops, mudança, com certeza se deve à produção de Patrick Carney (do Black Keys) e Tommy Brenneck (dos Dap-Kings, banda da musa Sharon Jones), que poliram os Lips até deixá-los…comuns. Taí uma boa definição pra este disco; não é ruim, é apenas comum.

Não deixa de ser uma pena, mas mostra que a banda busca novos horizontes. Bom pra eles, ruim pra gente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s