How To Destroy Angels – Welcome Oblivion (2013)

welcome-oblivion-how-to-destroy-angels-600

 

Quando o How To Destroy Angels lançou no final do ano passado o EP An omen, ficou claro que, a não ser por um terrível acidente do destino, em breve viria à tona um grande álbum. Aposta feita, aposta ganha.

Trent Reznor, sua mulher Mariqueen Mandig e os comparsas Atticus Ross e Rob Sheridan colocam no mercado em 05 de março, via Columbia, o novo trabalho do HTDA, Welcome oblivion.

 

 

O álbum é a perfeita continuação, ou melhor, extensão do EP. Suas 13 faixas são extremamente sombrias, densas, e nelas o quarteto mantem a mesma pegada das seis faixas de Omen (destas, apenas “The sleep of reason produces monsters” e “Speaking in tongues” ficaram de fora de Welcome oblivion).

“Ice age”, faixa do EP e do álbum cheio, permanece como a ‘anomalia’ em meio aos beats lentos e ao clima de paranoia que permeia ambos os discos; e a doce voz de Mariqueen continua à frente em todas as canções (com vocais) do álbum, com destaque ainda maior em seu momento mais pop, “How long”.

 

 

Já “Recursive self-improvement” e “The loop closes” são as faixas que me lembram as criações de Reznor no Nine Inch Nails, talvez já uma mensagem subliminar confirmando sua anunciada volta aos palcos neste ano.

Das 13 músicas de Welcome oblivion a preferida por aqui é “And the sky began to fall” e sua pegada dub(step), mas o disco funciona bem como um todo e pede imersão com bons fones de ouvido e distanciamento do mundo ao redor – inclusive do NIN. Assim ele te leva longe.

Recomendado!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s