Pursuit Grooves – Frantically Hopeful (2011)

Vanese Smith, aka Pursuit Grooves é outra cria do Brooklyn a impor sua personalidade à música, recombinando, reciclando e dando um F5 no que já foi criado (no caso, o dubstep).

A moça é DJ, MC e produtora, e anda pela cena desde a metade dos anos 2000. Lançou dois discos caseiros (Fun like passion, em 2006 e Wild art forestry, em 2008); em 2009 disponibilizou na rede Sustainable movements for a new age e em 2010 caiu nas graças do mundo com o EP Fox trot mannerisms, lançado pela Tectonic.

E é a mesma Tectonic que põe na roda agora – em CD, vinil e digital – o novo disco da garota que busca os grooves, Frantically hopeful.

A pegada do álbum – lançado em junho último – é basicamente a divisa imaginária entre as batidas quebradas e o vocal soulful de Vanessa. Basicamente, eu disse.

Porque entre cada sequência fraturada de beats uma carga enorme de referências surge e aflora; dos sintetizadores espaciais aos graves pesadíssimos, da house music ao hip hop, do tribalismo selvagem à sensibilidade da soul music.

As 11 faixas não se amarram nem contam uma história, mas essa falta de coesão não necessariamente atrapalha, já que Frantically hopeful vai fluindo como um rio cheio de curvas. Basta se deixar levar.

No mais, este é outro álbum que joga um pouco de luz nas trevas do dubstep, tirando o excesso de anfetamina e de tremedeira do gênero e deixando as coisas mais chapadas e contemplativas. Pós-dubstep? Pode ser, pode ser. Afinal, tags não importam; o que importa é a música.

Recomendo!

Link pro álbum no Twitter.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s