Lee Perry – Revelation (2010)

Quando se fala em reggae, o primeiro nome que vem à cabeça é o de Bob Marley. Mas quando o assunto é dub, Lee Scratch Perry é o rei.

O doidão que fundou o lendário estúdio Black Ark e de lá mandou algumas das maiores pedras da música caribenha universal está na cena há 40 anos, e  em 2010 – 10 de agosto, exatamente – lançou seu mais recente álbum, Revelation, via Megawave Records.

Gravado no topo de uma montanha na Suíça e contando com as participações do sobrevivente Keith Richards e do funkeiro George Clinton – que assina com Perry a música “Scary politicians” – Revelation traz 13 faixas mais puxadas para o reggae de raiz, mas com o jeito dele de produzir.

Ecos, efeitos e vocais tostados (em todos os sentidos) com feeling de gravação ao vivo e um ar mais ‘limpo’ – e às vezes pop, nos arranjos – são as marcas do disco. Claro, não dá para esperar que soe como o grosso e dispensável caldo da produção atual do tchaca tchaca. É Lee Perry, antes de tudo.

E isso, irmãos e irmãs, significa muita fumaça. Mesmo que – segundo a lenda – o homem não esteja fumando erva ultimamente.

Jah bless!

Anúncios

Um comentário sobre “Lee Perry – Revelation (2010)

  1. Pingback: Sly & Robbie – Blackwood Dub (2012) « Pequenos Clássicos Perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s