Underworld – A Collection (2012)

2012 marca os vinte anos do lançamento do primeiro single do Underworld, e promete ser um ano cheio (a dupla é responsável pela direção musical das Olimpíadas de Londres) para este que foi e é um dos grupos mais importantes da cena eletrônica mundial .

Em comemoração a essa data, Rick Smith e Karl Hyde lançam no começo do ano, via Cooking Vinyl, dois grandes presentes para seus fãs: uma coletânea em formato de disco triplo, chamada The anthology 1992-2012 (em breve por aqui) e esta ‘modesta’ compilação intitulada simplesmente A collection.

O álbum traz várias faixas clássicas do Underworld, de “Born slippy” a “Mmm skyscraper I love you”; um remix (“Dark & long”); outro clássico ao vivo (“Cowgirl”) e recentes colaborações com Brian Eno (“Beebop hurry”), Mark Knight e D Ramirez (“Downpipe”) e High Contrast e Tiesto (“The first note is silent”, que abre o disco).

E mesmo que não funcione como o grande retrato que é o álbum triplo, A collection serve como uma fotografia 3X4 ou uma introdução ao que é o Underworld e sua importância para a música contemporânea e para a cultura da dance music.

Altamente recomendado!

Um comentário sobre “Underworld – A Collection (2012)

  1. Pingback: Underworld – The Anthology 1992-2012 (2012) « Pequenos Clássicos Perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s