Joakim – Nothing Gold (2011)

O produtor/DJ/músico Joakim Bouaziz é um dos nomes mais bacanas da música eletrônica atual. O cara tem uma longa história com a música: de prodígio do jazz à interessantes experimentações com hip hop, rock (indie, kraut, etc), ele faz a música das máquinas soar mais humana e orgânica.


Nothing gold
, seu mais recente álbum, saiu no começo do ano via Tigersushi Records, e chega agora às nossas páginas.

O álbum é um caleidoscópio musical, trazendo à tona as muitas faces de Joakim como produtor.
Há flertes pesados com os anos 80 – com muitos sintetizadores e melancolia à Depeche Mode; influências roqueiras (Talking Heads), do peso industrial e muitos, muitos timbres de acid house espalhados por suas 11 faixas.

Tudo isso vem empacotado numa embalagem pop, rica em detalhes e sutilezas. Serve bem às pistas de dança, mas também funciona em tantos outros momentos como um trabalho contemplativo.

Como parâmetros, pode-se dizer que Nothing gold guarda certa semelhança com o último álbum de Matthew Dear e com algumas produções do estranho e bacana Prins Thomas.

“Paranoid” e “In the cave” são as tracks preferidas por aqui.

Recomendado para quem quer algo mais da música eletrônica que o básico bate estaca.

Um comentário sobre “Joakim – Nothing Gold (2011)

  1. Pingback: Lindstrøm – Six Cups Of Rebel (2012) « Pequenos Clássicos Perdidos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s